A expansão do universo ficcional de Empire da segunda tela

Responsável por gerar milhares de tweets durante os seus episódios, a série Empire, exibida pelo canal Fox, é permeada por várias ações de engajamento na social TV. As estratégias da emissora abrangem distintos perfis e oferecem aos telespectadores interagentes informações inéditas da trama.

Captura de tela 2016-12-01 18.52.54

Exibido na última quarta-feira (30), What We May Be contou com duas hashflags exclusivas, para desbloquear os emojis bastava usar as indexações delimitadas pela Fox. As representações gráficas foram criadas especificamente para a trama e faziam alusão aos principais arcos narrativos do episódio.

Captura de tela 2016-12-01 18.56.25

À medida que o episódio ia ao ar, o perfil @EmpireFox compartilhava os comentários dos telespectadores interagentes, através de menções e RTs. A página também postava fotos dos bastidores das gravações, vídeos promocionais, GIF e até informações sobre as músicas que integraram What We May Be.

Captura de tela 2016-12-01 18.58.46

As postagens do @EmpireFox também chamavam atenção para os easter eggs da história, estimulando a leitura atenta do público sobre as intertextualidade do universo ficcional.

Captura de tela 2016-12-01 18.56.48

Além de todas essas ações de social TV, o perfil oficial da série e o gerenciado pelos roteiristas, @EmpireWriters, promoveu um live chat durante a exibição do episódio.

Captura de tela 2016-12-01 19.00.52

Os telespectadores interagente puderam conversar com o elenco do programa e tirar suas dúvidas sobre os futuros acontecimentos da atração.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>