(FDP)

fdp1

  • Criação: José Roberto Torero, Marcus Aurelius Pimenta, Adriano Civita, Giuliano Cedroni
  • Direção: Adriano Civita, Caíto Ortiz, Kátia Lund, Johnny Araújo
  • Duração: 33 minutos
  • Período de exibição: 26/08/2012- 18/11/2012
  • Nº de episódios: 13

Produzida pelo canal pago HBO, a série FDP retrata os altos e baixos da vida pessoal e profissional do árbitro de futebol brasileiro Juarez Gomes da Silva (Eucir de Souza). Sério e correto, ele acaba se envolvendo em grandes confusões em todos os aspectos de sua vida. Ao longo da narrativa, Juarez (Eucir de Souza) tenta reconquistar sua ex-esposa, Manuela (Cynthia Falabella) com quem tem um filho. Além disso, o juiz precisa lidar com diversos problemas decorrentes de sua profissão.

Os episódios possuem a mesma estrutura narrativa, se iniciam com uma espécie de devaneio de Juarez (Eucir de Souza) e terminam com o árbitro sendo xingado sempre de “fdp” e sempre por uma pessoa diferente. Na trama, Juarez (Eucir de Souza) é acompanhado por seu melhor amigo, o bandeirinha Carvalhosa (Paulo Tiefenthaler) e de outros famosos como os jogadores Dentinho e Neymar, o jornalista Juca Kfouri e o craque Rivelino.

O elenco conta com nomes como Eucir de Souza, Cynthia Falabella, Maria Cecília Audí, Paulo Tiefenthaler, Carlos Meceni, Gustavo Machado, Vitor Moretti, Fernanda Franceschetto, entre outros.

No Plano da Expressão iremos analisar os indicadores: ambientação, caracterização dos personagens, trilha sonora, fotografia e edição.

fdp2fdp3

Em constante diálogo com o tema central da história, a série é ambientada, em grande parte das sequências, em estádios de futebol. Locações como Morumbi, em São Paulo e o Moisés Lucarelli, em Campinas compõem várias cenas da atração. Outro cenário bastante explorado foi o do programa de televisão “Programa Neri Nelson” em que personalidades fictícias do futebol repercutiam sobre a atuação do juiz e discutiam sobre lances do jogo. A transmissão da partida pela rádio e a exibição na TV em ambientes como bares também foram elementos explorados na série. Nesse sentido, ao explorar elementos típicos do mundo esportivo a ambientação de FDP reforça o universo ficcional, trazendo verossimilhança para a trama.

fdp4

Os figurinos utilizados na série contribuem para a construção dos personagens. A caracterização de Juarez (Eucir de Souza), por exemplo, é composta pelo traje de árbitro de futebol quando em campo, e de roupas sociais no seu cotidiano.

fdp5

A trilha sonora de FDP, composta por faixas instrumentais,é usada nos momentos em que há maior ação na trama como, por exemplo, nas cenas dos jogos de futebol e também no final dos episódios. Desta forma, o indicador contribui, mesmo que indiretamente, para os desdobramentos narrativos da série.

As sequências de FDP são norteadas por uma fotografia naturalista. O indicador não possui influência direta nos desdobramentos narrativos nem reforça a proposta estética do universo ficcional.

A série do canal pago HBO, não explora outras temporalidades durante os episódios, sendo assim sua edição se caracteriza como linear.

No Plano do Conteúdo iremos destacar os seguintes indicadores: intertextualidade, escassez de setas chamativas, efeitos especiais narrativos, recursos de storytelling e transmedia literacy.

O indicador intertextualidades está presente em alguns momentos de FDP.  Como, por exemplo, no episódio “Nu com a mão no bolso” a bandeirinha Vitória Müller (Fernanda Franceschetto) é convidada para ser a capa da revista Playboy. No mesmo episódio Juarez (Eucir de Souza) comenta com Vitória Müller (Fernanda Franceschetto) que caso cometa erros de arbitragem no jogo em questão não será escalado para ser juiz no grande campeonato da Copa das Libertadores da América. Nesse sentido, as referências externas ao universo ficcional são usadas para aproximar a ficção da realidade, trazendo verossimilhança para a história.

A série FDP explora alguns tipos de setas chamativas ao longo de sua narrativa. O recurso é disposto convenientemente para ajudar o público a entender o que está acontecendo. No quarto episódio, por exemplo, Juarez (Eucir de Souza) flagra sua ex-mulher Manuela (Cynthia Falabella) com um novo namorado. Logo depois, no mesmo episódio, a personagem relembra o ocorrido em um diálogo com seu namorado, o que reforça o acontecido na trama de forma a orientar o telespectador. Outro tipo de seta chamativa foi observada nos momentos em que Juarez (Eucir de Souza) estava em um devaneio e na cena seguinte um personagem o despertava, mostrando ao telespectador que se tratava de uma cena fora da realidade. Sendo assim o indicador escassez de setas chamativas não foi observado na série.

Cada episódio se inicia com equilíbrio, seguido de um clímax, resolução de conflito e retorno ao equilíbrio no seu desfecho. Nesse sentido, os episódios de FDP apresentam reviravoltas pontuais, já esperadas em uma narrativa. Como, por exemplo, no episódio “O Videoteipe é burro e o ponto eletrônico é uma besta” quando Juarez (Eucir de Souza) se propõe a usar um ponto eletrônico para se comunicar com Vitória (Fernanda Franceschetto) para não correr risco de cometer erros de arbitragem. Porém, Vitória (Fernanda Franceschetto) é cortejada pelo comentarista de rádio e Juarez (Eucir de Souza) acaba ouvindo através ponto e se desconcentra de um lance importante do jogo, comprometendo sua ascensão na carreira. Entretanto, apesar de apresentar diversas reviravoltas nos desdobramentos narrativos, nenhuma delas são tão significativas a ponto de fazer o telespectador reconsiderar toda a trama até então. Desta forma, o indicador efeitos especiais narrativos não foi identificado na série.

A narrativa não utiliza de recursos de storytelling como flashbacks, múltiplas perspectivas e sequência fantasiosa. Apesar de Juarez (Eucir de Souza) possuir devaneios no início de cada episódio, logo depois, o juiz é acordado por algum personagem da série. Assim, não se caracteriza como sequência fantasiosa, já que possui uma seta chamativa indicando que se trata de uma cena fora da realidade.

FDP apresentou uma estratégia transmídia em sua divulgação. A ação consistia em um aplicativo para os usuários xingarem o juiz de futebol. Quanto maior o número de xingamentos mais pontos eram acumulados e o vencedor receberia um jogo de futebol de mesa como prêmio.

fdp6

A ação, assim como na série, apresenta um aspecto conhecido da profissão de árbitro de futebol que são os xingamentos por parte dos torcedores. Ao utilizar o aplicativo, os usuários são estimulados a produzir um tipo de conteúdo ou expressar sentimento em relação ao personagem, contribuindo para relacionar a ação realizada com a temática da série. Neste contexto a ação apresenta o indicador transmidia literacy.

Por Mariana Meyer

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>