Ligações Perigosas

172711

  • Autoria: Manuela Dias
  • Supervisão de texto: Duca Rachid
  • Direção-geral: Vinícius Coimbra
  • Direção de núcleo: Denise Saraceni
  • Período de exibição: 04/01/2016 – 15/01/2016
  • Horário: 22h30
  • Nº de episódios: 10

Exibida pela Rede Globo entre os dias 4 e 15 de janeiro de 2016, a minissérie Ligações Perigosas é inspirada no clássico da literatura francesa Les liaisons dangereuses(As Ligações Perigosas) de Choderlos de Laclos. A obra literária retrata as relações de um grupo de aristocratas através das cartas trocadas entre si, na época imediatamente anterior à Revolução Francesa, que dedicam-se a destruir as reputações de seus pares.

Ambientada na década de 1920, a minissérie tem como arco narrativo central os jogos de sedução que são arquitetados pelos amantes Isabel (Patrícia Pillar), uma viúva rica e atraente e Augusto (Selton Mello), um libertino frequentador de bordéis. Uma das pessoas envolvidas pelos planos do casal é o ex-amante de Isabel (Patrícia Pillar), Heitor Damasceno (Leopoldo Pacheco). Após descobrir o desejo dele de se casar com Cecília (Alice Wegmann), filha de sua prima Iolanda (Lavínia Pannunzio), a marquesa decide se vingar e pede para Augusto (Selton Mello) tirar a virgindade da jovem antes do casamento.

O elenco conta com nomes comoSelton Mello (Augusto de Valmont),Marjorie Estiano (Mariana de Santanna),Alice Wegmann (Cecília Mata Medeiros), Jesuíta Barbosa (Felipe Labarte),Leopoldo Pacheco (Heitor Damasceno), Lavínia Pannunzio (Iolanda Mata Medeiros),Danilo Grangheia (Otávio Lemos), Aracy Balabanian (Consuelo),Renato Góes (Vicente),Yanna Lavigne (Júlia).

No Plano da Expressão iremos destacar os indicadores: ambientação, caracterização dos personagens, trilha sonora, fotografia e edição.

A minissérie Ligações Perigosas, que se passa em 1928 na cidade fictícia Vila Nova, exibe cenários imponentes, como a casa de Isabel (Patrícia Pillar) que possui 310 metros quadrados e 5,6 metros de pé-direito e janelas de grandes dimensões. Outro ponto importante no indicador é a Quinta de Consuelo (Aracy Balabanian), com várias acomodações e ambientes externos. A decoração dos espaços trouxe elementos característicos da década de 1920 contribuindo diretamente para a verossimilhança da trama,como, por exemplo, sofás, biombos, mesas art déco e objetos art nouveau.

011

Entre as locações presentes na história estão o Theatro Municipal do Rio de Janeiro, o Teatro Municipal de Niterói, o Palácio São Clemente, Fortaleza de Santa Cruz da Barra. Além destas também se destacam as sequências externas como, por exemplo,as gravadas no Palácio Santa Candida, em Concepción del Uruguay e no litoral de Puerto Madryn, na Patagônia, Argentina.

022

No que se refere à caracterização dos personagens, todos se vestem com roupas características da época e apresentam variações de acordo com a personalidade. Esse aspecto pode ser observado na marquesa Isabel (Patrícia Pillar). A personagem, interpretada por Patrícia Pillar,usava vestidos com babados, vestes feitas de pele de animal e colares representando a sua posição de integrante da alta sociedade. De acordo com a figurinista Marília Carneiro, a composição do figurino de Isabel (Patrícia Pillar) teve inspiração na figura da Coco Chanel, uma vez que suas roupas eram luxuosas e vanguardistas. Já Augusto (Selton Mello), usava peças despojadas como sobretudos, lenços e óculos escuros contribuindo para a figura charmosa e sedutora que ressaltada nos desdobramentos narrativos.

033

A caracterização de Cecília (Alice Wegmann) passa por várias mudanças ao longo da trama. No início da história, a personagem usa cabelos longos, roupas compridas e fechadas representando assim a menina inocente recém-saída do internato. Da metade para o final da minissérie, por influência e sugestão da tia Isabel (Patrícia Pillar), Cecília (Alice Wegmann) corta os cabelos e começa a usar roupas mais ousadas, mudanças que acompanham a transformação de postura e comportamento da personagem em Ligações Perigosas.

044

O indicador trilha sonora, é em sua maior parte inserido quando há a presença de música no ambiente em que se passa a cena.  Por exemplo, na sequência em que Isabel (Patrícia Pillar) liga sua vitrola e dança em seu quarto ou como nas cenas em que havia festas, espetáculos em teatros, etc. Além disso, o indicadoresteve presente nas aulas de música de Isabel (Patrícia Pillar) e de Cecília (Alice Wegmann), a partir de canções clássicas como “A Sagração da Primavera”, de Ígor Stravinsky, e “Petite Suite”, de Claude Debussy.

A fotografia de Ligações Perigosas é norteada pelas cores predominantes nos ambientes onde se passam as sequências. Nesse sentido, observamos tons de branco, bege, azul, amarelo, etc. Os planos mais explorados foram o plano médio, close plano grande e a iluminação em cenas de ambientes internos e noturnos era caracterizada por ser a luz de velas. Porém, apesar da minissérie se preocupar com a fotografia, ela não influencia em termos semânticos nos arcos narrativos.

055

No início da narrativa, a trama apresenta um flashback de Isabel (Patrícia Pillar). A personagem relembra de sua juventude de quando estudava em um internato e quando conheceu Augusto (Selton Mello). Entretanto, como analepse é feita de forma pontual, não altera a linearidade da narrativa. Desta forma, a edição se caracteriza como linear, pois a trama não possui outra linha cronológica além da do tempo presente.

No Plano de Conteúdo iremos abordar os indicadores: intertextualidade, escassez de setas chamativas, efeitos especiais narrativos e recursos de storytelling.

A intertextualidade aparece em Ligações Perigosas nos momentos finais do último capítulo da trama. Quando Consuelo (Aracy) faz uma reflexão de toda a história e no final faz uma alusão ao título da minissérie. Nesse contexto, a referência reforça o universo ficcional, enriquecendo a experiência do telespectador.

O indicador escassez de setas chamativas não foi identificado. Uma vez que a minissérie explora muito este recurso a fim de situar o espectador na trama.  Os cartazes narrativos estão presentes na repetição de fatos já ocorridos. Por exemplo, quando Augusto (Selton Mello) e Mariana (Marjorie Estiano) tiveram sua primeira noite juntos e na cena posterior o personagem conta com detalhes para sua amante Isabel (Patrícia Pillar). Outro modo de utilizar estes indicativos aparece quando nos últimos episódios é feito questionamentos, a partir de diálogos dos personagens, sobre a morte de Augusto (Selton Mello) a fim de reafirmar este acontecimento da trama.

Ao observarmos os recursos de storytelling, podemos perceber a presença de analepses principalmente no início da trama. Como, por exemplo, quando Isabel (Patrícia Pillar) relembra seu passado, na época em que estudava em um internato, quando Mariana (Marjorie Estiano) pouco antes de falecer recorda seus bons momentos ao lado de Augusto (Selton Mello). Nesse sentido, os flashbacks possuem indicações de que não se tratam de uma cena do tempo real, de forma a orientar o telespectador. Por exemplo, na cena em que Isabel (Patrícia Pillar) está no velório de seu falecido marido, há uma transição das cenas da personagem no passado para a personagem no presente, demonstrando que se trata da mesma pessoa, porém em uma cronologia diferente. Os outros flashbacks não possuem indicativos claros, como a mudança de fotografia, mas a partir do contexto da cena é perfeitamente possível fazer a distinção das temporalidades.

Já os efeitos especiais narrativos, são explorados para desenvolver os arcos narrativos de Ligações Perigosas. Como, por exemplo, quando Heitor (Leopoldo Pacheco) decide casar com Cecília (Alice Wegmann) ou quando a jovem descobre que está grávida. Porém, estes acontecimentos não são significativos a ponto de fazer o telespectador reconsiderar toda a trama até este momento.

Por Mariana Meyer

* Todas as imagens da minissérie usadas nesta análise são capturas de tela.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>