Observatório da Qualidade no Audiovisual

I Found a Girl

I Found a Girl é uma fanfic publicada no site Spirit Fanfiction, possuindo 27 capítulos inspirados no casal Limantha, vivido por Lica (Manoela Aliperti) e Samantha (Giovanna Grigio) da 25ª temporada de Malhação: Viva a Diferença (2017-2018, TV Globo). Postada do dia 29/01/2018 e terminada em 31/05/2018, a fanfic possui hoje 60.905 visualizações, foi favoritada por 648 users e recebeu 553 comentários. Cada capítulo possui entre 1500 a 2000 palavras.

Sua classificação etária é de 18 anos, classificada nos gêneros: comédia, famí­lia, LGBT, mistério, romance, novela, Shoujo-Ai, universo alternativo, yuri (lésbica), com especificações de que se trata de uma história que aborda assuntos de álcool, bissexualidade, drogas, heterossexualidade, homossexualidade e spoilers. Para facilitar a busca de suas histórias, a autora utiliza das tags: Lica, Limantha, Malhação, Malhação Viva A Diferença, Samantha, Viva A Diferença e Yuri.

Ela foi criada pela usuária UmaOtaku-chan é cadastrada no site pelo nome de Ritsu Maru, do sexo feminino, desde o dia 02/07/2012. A escritora ainda está ativa no site, com 43 histórias publicadas e possui foco na escrita sobre o universo Otaku (ligado a cultura japonesa, como animes e mangás). Além dessas indicações, a autora se mostra ativa na rede social Twitter, deixando seu nome de usuário na página do site para seus leitores acompanharem suas postagens.

Seu enredo conta como uma Lica e Samantha, por pressão de seus amigos MB e Felipe entram em uma competição para definir qual seria o melhor ship, valendo uma viagem para a praia. No início Lica reage com certa rejeição à ideia, mas logo em seguida concorda por estar devendo um favor aos meninos. Neste momento, Samantha e Lica ainda não são um casal na série.

Segundo Jenkins (2012) fanfics permitem a expansão e a reconstrução de universos ficcionais já existentes, permitindo aos fãs a criarem novas perspectivas a respeito dos personagens já criados, moldando a história de forma diferente da imaginada pelo autor original. Elas permitem também que os fãs criem redes de conexões entre si, criando comunidades que podem se ajudar em diversos aspectos a partir de feedbacks sobre a escrita e a transformação dos personagens. O autor aponta que existem cinco motivações para que fãs comecem a escrever fanfics para que assim, possíveis situações que não foram exploradas na narrativa original, seja desenvolvida em outra visão. Em I Found a Girl identificada a motivação, segundo Jenkins (2012) como ‘Potenciais’, onde a autora explora um universo com projeções do que poderia ter acontecido além dos limites impostos na série.

 

Linguagem

Seguindo os estudos desenvolvidos por Ferrés e Piscitelli (2015) a dimensão de Linguagem define a capacidade de modificação de conteúdos já existentes, ressignificando-os. Esse já é um conceito abordado por Jenkins que determina a criação das fanfics, de dar novas visões e novas possibilidades para eventos já ocorridos. A linguagem da fanfic é simples, em estilo de diálogos. A autora costuma a se referir às personagens com algo que faça relação às mesmas, para não causar repetição excessiva no nome de cada uma. Neste caso, a linguagem ressignifica o modo como a história de Samantha e Lica como um casal começou, passando de brincadeira, para algo sério, diferente da narrativa original.

A autora alterna quem comanda a história, que é contada não só por Samantha e Lica, mas como no capítulo 3 onde MB, amigo das meninas em uma conversa com Lica sobre os sentimentos que a menina está desenvolvendo por Samantha, toma o controle por um certo tempo sobre a história. Quando há essa troca, a autora indica com um longo espaçamento e *** de que a narrativa agora segue a visão de outro personagem.

(troca do personagem que tem a visão principal da história e indicação dos personagens através de elementos que remetem ao mesmo)

A autora também indica que o nome dos capítulos dos seus contos são aleatórios e que são somente identificados quando o leitor avança no desenrolar do texto. E para diferenciar a escrita entre um diálogo pessoalmente e um diálogo por mensagem de celular, as palavras são escritas em itálico.

(nota explicativa sobre os nomes dos capítulos)

(indicação de conversa por telefone em itálico)

 

Ideologia e Valores

A dimensão de Ideologia e Valores é entendida por Ferrés e Piscitelli (2015) como a capacidade de modificar produtos midiáticos para quebrar padrões e estereótipos estabelecidos pelos mesmos, dando espaços a vozes que ainda não tinham sido ouvidas antes. Em I Found a Girl a quebra de padrões se estabelece no romance LGBT entre Lica e Samantha, sendo o primeiro casal lésbico na novela adolescente em todas as suas temporadas.

Por explorar como a história entre as duas começou a se desenvolver, a autora possuiu bastante liberdade para construir pensamentos, questionamentos, reações e sentimentos das duas personagens principais sobre tudo o que estava acontecendo. A narrativa trata com extrema naturalidade o desenrolar do romance das duas personagens femininas, trazendo como questionamento maior a forma de como o relacionamento começou, com uma brincadeira para conseguir uma viagem para fora do país por parte dos amigos do casal, sem um verdadeiro interesse em estabelecer vínculos românticos, do que os questionamentos de se a relação entre as duas é certo ou errado.

Um ponto importante dessa relação é sobre a forma que o pai de uma das personagens leva a situação. No capítulo 13, é revelado que o pai de Samantha descobriu sobre o romance entre ela e Lica. Ao saber disso, Lica se desespera acreditando que o pai de Samantha iria impor castigo ou brigar sobre o ocorrido, mas é surpreendida ao ser informada por Samantha que o pai da garota tratou a situação com maior naturalidade possível e ainda brincou dizendo que a filha possuía “bom gosto”. Este episódio rendeu comentários de leitores aplaudindo a atitude do pai de Samantha.

(mensagens entre Samantha e Lica sobre a descoberta do pai de Samantha)

(comentários sobre o pai de Samantha)

 

Toda a história é desenvolvida através de um relacionamento até então falso entre Samantha e Lica, que se iniciou como uma tentativa de ganhar o concurso de shipps. Apenas no capítulo 26, o relacionamento se torna verdadeiro, quando Lica, em um jantar com o pai de Samantha, pede a companheira em namoro. Esse elemento constrói toda uma nova perspectiva a respeito de como o envolvimento das duas foi amadurecendo com o tempo, deixando de ser brincadeira para algo real e concreto, situação está confirmada na sinopse da história.

Estética

Seguindo os estudos de Ferrés e Piscitelli (2015) a dimensão de Estética se encaixa na capacidade de criar mensagens mais criativas, transformando-as em códigos mais compreensíveis e que facilite no desenvolvimento da criatividade do público.

A fanfic possui uma capa ilustrando Samantha e Lica em um momento de intimidade e carinho das duas, sentadas em um sofá muito próximas, quase se beijando. A capa possui um fundo remetendo ao universo cheio de estrelas, com o título da fanfic entre duas flechas e embaixo de um coração. Todos os capítulos possuem imagens ilustrativas das personagens, identificando o momento em que cada uma se encontrava, mais próximas afetivamente ou mais afastadas.

(capa da fanfic)

No primeiro capítulo da fanfic, através da Nota do Autor, a criadora aponta que essa seria uma história curta e leve, apenas para a diversão de seus leitores.

Além de responder comentários, a autora conversa com seus leitores através das Notas do Autor e das Notas Finais. Ela também deixa seu nome de usuário do Twitter para que o público consiga saber mais sobre a divulgação de seus textos e interagir com eles. Em um dos capítulos, através da Nota do Autor, a autora avisa aos seus leitores que estará em São Paulo em determinada data, comentando que gostaria de encontrar e interagir com seu público ao vivo.

(interação com leitor)

(nota de convite)

 

Por Pedro Martins

Observatório da Qualidade no Audiovisual

Comentar

Redes Sociais

Siga o #Observatório!