Observatório da Qualidade no Audiovisual

2014 – 2015

No biênio 2014-2015 analisamos as relações entre a produção, a circulação e o consumo no ambiente da cultura participativa a partir da análise da novela O Rebu, exibida na Rede Globo em 2014. Procuramos estudar as estratégias de transmidiação da emissora e refletir sobre o fenômeno da social TV.

A novela O Rebu foi analisada a partir de duas perspectivas: por um lado, contempla-se a lógica da produção e as estratégias de transmidiação propostas pela Globo para promover o engajamento do público; e, por outro lado, a lógica do consumo, a partir da reflexão sobre o engajamento que pôde ser observado na interação por meio do Twitter, que configura o fenômeno recente da Social TV.

A metodologia usada para a análise do backchannel no Twitter foi elaborada a partir de uma combinação de procedimentos de observação e mineração dos dados. A coleta do fluxo foi realizada entre os dias 14 de julho e 12 de setembro de 2014. Foram identificados três padrões de atuação dos telespectadores interagentes que permitem a análise da interação presente em O Rebu, são eles: a complexidade narrativa, a intertextualidade e a memória afetiva.

 

Biênio 2014-2015 

Realizada no biênio 2014-2015 do Obitel Brasil/Equipe UFJF a pesquisa “Cultura participativa na esfera ficcional de O Rebu” teve como objetivo estudar a circulação de comentários críticos relacionados com a narrativa ficcional e as formas de participação do público, com o olhar voltado para a compreensão das estratégias e práticas transmidiáticas adotadas pela Globo em relação ao remake de O Rebu (2014) como forma de engajamento do público e, por outro lado, a efetiva interação ocorrida através do Twitter.

Download do capítulo

Apoio

Parceiros