Observatório da Qualidade no Audiovisual

2018 – 2019

A proposta de pesquisa para o biênio 2018-2019 explora pistas de investigação encontradas nos trabalhos anteriores, principalmente no que se refere ao diálogo entre a narrativa, a produção crítica e criativa dos fãs e a literacia midiática.

A 25 temporada de Malhação (Rede Globo, 1995- atual), intitulada Malhação: Viva a Diferença (2017- 2018), criada por Cao Hamburger, gerou consideráveis índices de audiência e mobilizou os telespectadores nas redes sociais. Peccoli (2018) afirma que a temporada, exibida entre maio de 2017 e março de 2018, alcançou 20,4 pontos e 37% de participação, atingindo a maior média de audiência desde 2009.

Ao longo da trama, o público compartilhou suas impressões nas redes sociais, principalmente no Twitter, e ressignificou o universo ficcional através de memes e vídeos. Para engajar os telespectadores interagentes, a Rede Globo desenvolveu uma série de ações, nas plataformas digitais, que apresentam novas perspectivas da trama. O último capítulo da temporada, exibido em 05.03.18, gerou mais de 299 mil tweets e a hashtag #VivaADiferença atingiu os Trending Topics mundial, ficando entre os assuntos mais comentados do microblogging (PECCOLI, 2018).

A telenovela infantojuvenil foi protagonizada por cinco mulheres, de origens e personalidades diferentes, e promoveu a discussão de temas tais como o racismo, a diversidade, a síndrome de Asperger, o feminismo, o assédio sexual e a homofobia. Ao longo dos capítulos, o fandom se mobilizou de inúmeras formas no Twitter. Foram criados perfis específicos de produção de conteúdos que expandiam o mundo ficcional, tais como wallpapers, vídeos on cracks, packs de ícones para smartphones, pastas colaborativas com os downloads das cenas editadas, etc. Os fãs também analisaram criticamente as sequências, trocavam mensagens com os roteiristas e o elenco da telenovela.

Considerando a relevância da relação entre o produto audiovisual e a cultura de fãs, a pesquisa analisa a construção do mundo ficcional do arco narrativo do casal Lica e Samantha e a sua articulação com a ampliação e a ressignificação do mundo ficcional do shipp Limantha a partir da análise dos tweets do fandom no Twitter.

 

Biênio 2018-2019

A pesquisa “A construção de mundos ficcionais pelo fandom Limantha, de Malhação: Viva a Diferença” investiga o mundo ficcional construído por Cao Hamburger em torno do arco narrativo do casal Lica (Manoela Aliperti) e Samantha (Giovanna Grigio) e discute o modo como o fandom das personagens ampliou e ressignificou esse mundo ficcional no Twitter.

Nesse sentido, procuramos questionar a interrelação entre a produção e o consumo de narrativas ficcionais, com base nos estudos sobre a literacia midiática, a partir da análise dos recursos técnico-estéticos do arco narrativo das personagens que foram expandidos pelos fãs do shipping Limantha na rede social.

Download do capítulo

Apoio

Parceiros