PREAMAR

Confira a análise de Preamar, que é uma série brasileira produzida pela Pindorama Filmes e exibida pela HBO Brasil.

  • Criação: Estevão Ciavatta, Patricia Andrade e William Vorhees
  • Direção: Anna Muylaert, Marcus Baldini, Mini Kerti, Márcia Faria, Estevão Ciavatta e Lao de Andrade
  • Roteiro:Patricia Andrade e William Vorhees
  • Exibição: 06/05/2012 a 29/07/2012
  • Número de episódios: 13

Preamar é uma série brasileira produzida pela Pindorama Filmes e exibida pela HBO Brasil entre 6 de maio e 29 de julho de 2012. A trama foi criada por Estevão Ciavatta,Patricia Andrade e William Vorhees e dirigida por Anna Muylaert, Marcus Baldini, Mini Kerti, Márcia Faria e Lao de Andrade.

A narrativa acompanha a história de João Ricardo Velasco (Leonardo Franco), um rico e bem-sucedido empresário que faz uma aposta errada no mercado financeiro e perde seu emprego como executivo de um banco. Em busca de novos meios de ganhar dinheiro, ele descobre o rentável mercado informal que movimenta as praias do Rio de Janeiro. O personagem propõe uma sociedade com Xerife (Roberto Bonfim), que controla as barracas da região, que visa aliar os seus conhecimentos financeiros ao poder paralelo que controla a atividade na área. Vivendo nesse novo ambiente, João Ricardo Velasco testemunha uma realidade à qual não conhecia e presencia situações como tráfico de drogas e prostituição.Tudo isso, sem revelar a família sua real situação financeira, mantendo uma mentira de que está em um “ano sabático”.

Em seus treze episódios, a série mescla drama e comédia para apresentar a dualidade da vida do protagonista. O termo “preamar” é também o nome que se dá à maré mais alta. No elenco estrelam ainda Paloma Riani é Maria Izabel, Jessika Alves é Manu, Hugo Bonemer é Fred, Thiago Amaral é Pepete, Karen Junqueira é Paula, Mumuzinho é Wallace eSóstenes Vidal é Biu.

No Plano da Expressão iremos analisar os indicadores: ambientação, caracterização dos personagens, trilha sonora, fotografia e edição.

1

2

A ambientação de Preamar é a Zona Sul do Rio de Janeiro, mais precisamente em Ipanema. Essa escolha busca refletir a premissa da série, que trata do impacto de uma demissão na vida do bem-sucedido executivo de bancos João Ricardo. Com um alto padrão de vida familiar, o personagem vê nas praias uma oportunidade de ganhar dinheiro com o comércio informal, uma vez que uma recolocação profissional seria demorada. Para isso, ele entra em contato com os “donos” da praia, como Xerife, que autoriza o aluguel de cadeiras e o comércio ambulante no Posto 7 da praia do Ipanema. Além disso, ele acaba conhecendo o tráfico de drogas e a prostituição recorrente nos dois ambientes. Desta forma, a série traz para a tela a antítese entre o condomínio luxuoso localizado na Vieira Souzo e o contato com as favelas e o comércio informal da área, necessário para o protagonista manter o status social de sua família.

Também ancorada na ideia de dualidade, os figurinos e maquiagens da caracterização dos personagens refletem os ambientes em que vivem. A família de João Ricardo tem maquiagens leves, roupas finas como ternos e blusas de seda, uso discreto de acessórios como anéis, pulseiras e correntes de ouro. Já personagens da praia e do comércio informal vestem roupas de banho, camisetas despojadas, coloridas e bermudas além da ausência de maquiagem, corroborando a verossimilhança da série.

3 4

A trilha sonora é composta pelo sambarock de abertura “Rio Preamar”, escrito e interpretado por Seu Jorge, instrumentais de bossa nova produzidos para a série, além de funks como “O que que o nego quer” do grupo De Leve e sambas como “Das duzentas para lá” de Eliana Pittman. Todas as canções integrantes buscam retratar os ritmos predominantes nos territórios cariocas e a mistura social presente nas areias.

Predominando tons quentes e imagens solares, a fotografia explora os tons de vermelho, amarelo, laranja e marrom nos ambientes internos e externos. Além disso, em diversos momentos, evoca as paisagens do Rio de Janeiro.

5 6 7

A edição de Preamar utiliza uma estrutura narrativa não-linear, que mescla flashbacks com acontecimentos presentes. Logo no primeiro episódio da série, intitulado “O mergulho” podemos identificar o uso desse recurso, apesar de não-explícito, quando o executivo João Ricardo sobe no parapeito de sua cobertura e começa a relembrar os acontecimentos durante sua demissão.

8

No Plano do Conteúdo iremos destacar os seguintes indicadores: intertextualidade, escassez de setas chamativas, efeitos especiais narrativos, recursos de storytelling e transmedialiteracy.

As intertextualidades da série estão presentes no episódio “A vida parede uma festa”, onde é organizado um campeonato de futebol de areia. Nesta ação, além do uso da camisa da Seleção no modelo da Copa do Mundo de 2010, a celebridade David Brazil é convidada a ser árbitro do jogo. Apesar de pernambucano, David ficou conhecido no Rio de Janeiro e, ao chegar na cidade em 1988, trabalhou nas barracas da praia de Ipanema, cenário onde transcorre a narrativa da série.

9

Percebemos no primeiro episódio da série, “O mergulho”, o indicador escassez de setas chamativas. O episódio mescla o momento atual com flashbacks da vida de João Ricardo sem qualquer alteração na fotografia, o que torna possível o discernimento do atual para o passado é a ausência de barba do protagonista. Nesse sentido, a série força o telespectador a atentar-se aos detalhes para uma compreensão global da trama.

10 11

O indicador efeitos especiais narrativos não foi observado nos episódios analisados. Todos estes contavam com a estrutura de equilíbrio, conflito, resolução do conflito e retorno do equilíbrio. Já o macro arco narrativo conta com reviravoltas pontuais já esperadas pelo público, como a descoberta da real situação financeira de João Ricardo pela família no episódio “Por causas mais nobres”.

Como citado anteriormente, a série utiliza como recurso de storytelling apenas flashbacks. Nos episódios escolhidos para esta análise, a narrativa busca se ater a fatos que impactam a vida do protagonista e também não explora múltiplas perspectivas ou sequencias fantasiosas.

As ações transmídia de Preamar foram focadas na conta no YouTube do canal HBO Brasil, onde foram divulgados diversos vídeos de cerca de cinco minutos explorando bastidores da série e perfis de personagens. Também na plataforma foi disponibilizado o especial de vinte e cinco minutos “Preamar: Os segredos por trás da série” apresentado por Paula também mostrando impressões dos atores, o processo de construção e filmagem da narrativa.

Apesar de descortinar aspectos técnicos da produção, as ações não estimulam o entendimento crítico da narrativa ou dos contextos tratados, desta forma não foi observado o indicador de transmedialiteracy.

                                                                                                                          Por Léo Lima

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>