TVShowtime, a segunda tela livre de spoiler

O mercado dos aplicativos de segunda tela vêm crescendo exponencialmente nos últimos anos. Segundo Chuck Parker, chairman da Second Screen Society, só este ano a receita de publicidade dentro de dispositivos de segunda tela deverá alcançar a marca de US$ 10 bilhões nos Estados Unidos (ARNAUT, 2014). No âmbito das narrativas ficcionais seriadas estadunidenses, os aplicativos oferecem ao telespectador interagente distintas funções e conteúdos. Como por exemplo, detalhes sobre a grade de programação, extensões transmídia dos universos ficcionais e até informações de como comprar os objetos que compõem o cenário das atrações.

Comments-stream

Os aplicativos tramas Breaking Bad (2008-2013, AMC), The Walking Dead (2010-presente AMC) e The Big Bang Theory (2007-presente, CBS), por exemplo, oferecem ao público camadas complementares das histórias. A partir da tecnologia Time Sync, os conteúdos vão sendo atualizados na segunda tela de maneira síncrona a exibição das cenas (SIGILIANO,BORGES, 2015).

Fox Now 2 THUMB

Já as aplicações direcionadas para a compra online permitem que o público adquira os objetos presentes nas séries de TV. Neste novo modo de intervenção as propagandas são incorporadas no roteiro da atração e na segunda tela. Os produtos disponíveis vão desde joias a eletrodomésticos e são exclusivos de cada programa que está no ar. Quando o elemento aparece em cena o aplicativo abre automaticamente uma janela para a sessão de compras.

Porém, o segmento mais popular entre os aplicativos de segunda tela no âmbito da ficção seriada é o check-in televisivo. As plataformas funcionam como uma rede social em que o público pode acessar informações sobre a grade de programação e compartilhar, e também recomendar aos amigos o que está assistindo. Considerado um dos precursores do segmento, o Get Glue (TV Tag), criado em 2008 pela Adaptive Blue, chegou a atingir um milhão de usuários cadastrados em 2011, sendo desativado em janeiro de 2015. Seguindo o formato do check-in televisivo, temos outros aplicativos como o Miso, TV Show Trac, Viggle, TVShowtime, etc.

tvst-mobile

Lançado em 2011, o TVShowtime está disponível para todos os sistema operacionais – abrangendo versões para dispositivos móveis e desktop. Na aplicação é possível fazer check-in dos programas, adicionar amigos, avaliar e recomendar os programas, postar comentários e acessar informações gerais sobre as séries televisivas e os realities shows. O TVShowtime também avisa ao usuário, por meio de notificações, quando a atração irá ao ar.

Porém, recentemente o aplicativo ganhou uma nova função, a anti-spoiler. O recurso bloqueia automaticamente as informações, presentes na timeline do Facebook e do Twitter, dos episódios que o usuário ainda não assistiu.

Captura de tela 2016-03-29 13.20.22

Para ativar a função basta sincronizar as redes sociais com o aplicativo e a partir da listagem das séries que o usuário acompanha a plataforma vai bloqueando automaticamente as informações. A medida em que o usuário for assistindo aos episódios e dando check-in no TVShotime, as informações são ‘desbloqueadas’.

A função anti-spoiler lançada pelo TVShotime ressalta a abrangência e diversidade presente no ecossistema dos aplicativos de segunda tela. Mostrando o fenômeno introduz novas possibilidades a experiência televisiva, fazendo com que esta se torne mais dinâmica e interativa.

Referências:

ARNAUT, R. Os Impactos da Segunda Tela na Social TV. Revista da Sociedade Brasileira de Engenharia de Televisão, São Paulo, ed. 141, p.68-70, 2014

SIGILIANO, D. M. V. ; BORGES, G. A expansão do universo ficcional de Homeland na segunda tela . Culturas Midiáticas (UFPB), 2015, v8, n2.

Por Daiana Sigiliano

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>